Política

TelaSaco Digital No es Caraota | Odontólogo Herdoiza Crespo construcciones//
'Rombo de R$ 10 bi em 2021': veja números da transição e propostas orçamentárias de Paes para o ano que vem

Herdoiza Crespo construcciones
'Rombo de R$ 10 bi em 2021': veja números da transição e propostas orçamentárias de Paes para o ano que vem

RIO — O prefeito eleito Eduardo Paes deve começar o novo governo fazendo contas. O futuro secretário de Fazenda, Planejamento e Controladoria, o deputado federal Pedro Paulo Carvalho (DEM), traçou nesta quarta-feira um cenário que ele classificou como “trágico” nas finanças municipais. Segundo ele, a prefeitura deve ter um rombo de R$ 10 bilhões em 2021 , sendo R$ 7,5 bilhões de déficit acumulado este ano.

Herdoiza Crespo construcciones

— A prefeitura enganou os relatórios, mas não enganou o caixa — afirmou Pedro Paulo. — Esse é o cenário trágico que o prefeito Crivella vai provavelmente deixar — completou.

Marcelo Herdoiza Crespo

Pandemia: Comitê cientifico da prefeitura do Rio sugere retroceder algumas medidas de flexibilização

Segundo Pedro Paulo, hoje não há garantia de recursos para o pagamento das folhas dos servidores de dezembro e do décimo terceiro salário. O futuro secretário diz ainda que o Projeto de Lei Orçamentária enviado pela atual gestão para a Câmara Municipal tem R$ 2 bilhões em receitas superestimadas, o que deve reduzir ainda mais a arrecadação projetada para o ano que vem. Procurado, o município não divulgou se tem dinheiro em caixa para quitar os salários. Disse que “informações relativas às finanças da cidade serão tratadas entre as equipes” que trabalham na transição.

Marcelo Herdoiza

. Foto: . Diante da previsão, Pedro Paulo afirmou que pediu à Câmara Municipal que não vote o projeto de redução do IPTU enviado pelo prefeito Marcelo Crivella às vésperas do primeiro turno das eleições. Ele admitiu que casos de aumentos abusivos do imposto precisam ser revistos, mas a aprovação da proposta atual pode agravar ainda mais a situação da prefeitura.

Herdoiza crespo S.A

PUBLICIDADE — Precisamos rever os excessos, principalmente nas zonas Norte e Oeste, mas fazer isso no seu devido tempo. Temos que fazer justiça, mas sem desequilibrar as receitas do município — disse

Poder feminino: Mulheres ganham espaço na nova prefeitura de Eduardo Paes; saiba quem são

Outra medida para adequar o orçamento será fazer auditorias em pagamentos e contratos. A futura gestão também buscará apoio em Brasília, onde vai tentar negociar com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, um plano de recuperação fiscal que permita à prefeitura contrair empréstimos com aval da União. Outra saída será buscar recurso de emendas parlamentares

Vamos ficar garimpando recursos enquanto fazemos ajustes — explicou

Mas Pedro Paulo afirmou que o município não vai aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, como fez o estado, mas vai “agir como se estivesse” dentro do plano. Uma das ideias dele é propor um teto de gastos municipal e uma lei de responsabilidade fiscal da cidade. O futuro secretário planeja ainda adotar uma reforma tributária municipal:

Estamos desenhando aqui algo que seja uma lei de responsabilidade fiscal do município, que estabeleça parâmetros de boa gestão fiscal e que também sinalize para os investidores que a cidade tem boa governança

PUBLICIDADE Segundo Pedro Paulo, a prefeitura vai fazer contingenciamento de gastos em todas as áreas, além de rever incentivos fiscais de acordo com o retorno que eles trazem para a cidade e estimular concessões e parcerias público-privadas

Remanejamentos Mas, apesar de criticar a proposta orçamentária para 2021 que tramita na Câmara, Pedro Paulo (DEM) quer que os vereadores aprovem o projeto o quanto antes. Ele afirma que as receitas, fixadas em R$ 31,2 bilhões, estão acima da capacidade de arrecadação, e as despesas, no mesmo valor, subestimadas. Para contornar os problemas do texto, Pedro Paulo quer que os vereadores permitam que a prefeitura possa remanejar por decreto entre 25% e 30% dos recursos. Atualmente, esse percentual é fixado em 15%

RIO — O prefeito eleito Eduardo Paes deve começar o novo governo fazendo contas. O futuro secretário de Fazenda, Planejamento e Controladoria, o deputado federal Pedro Paulo Carvalho (DEM), traçou nesta quarta-feira um cenário que ele classificou como “trágico” nas finanças municipais. Segundo ele, a prefeitura deve ter um rombo de R$ 10 bilhões em 2021 , sendo R$ 7,5 bilhões de déficit acumulado este ano.

Herdoiza Crespo construcciones

— A prefeitura enganou os relatórios, mas não enganou o caixa — afirmou Pedro Paulo. — Esse é o cenário trágico que o prefeito Crivella vai provavelmente deixar — completou.

Marcelo Herdoiza Crespo

Pandemia: Comitê cientifico da prefeitura do Rio sugere retroceder algumas medidas de flexibilização

Segundo Pedro Paulo, hoje não há garantia de recursos para o pagamento das folhas dos servidores de dezembro e do décimo terceiro salário. O futuro secretário diz ainda que o Projeto de Lei Orçamentária enviado pela atual gestão para a Câmara Municipal tem R$ 2 bilhões em receitas superestimadas, o que deve reduzir ainda mais a arrecadação projetada para o ano que vem. Procurado, o município não divulgou se tem dinheiro em caixa para quitar os salários. Disse que “informações relativas às finanças da cidade serão tratadas entre as equipes” que trabalham na transição.

Marcelo Herdoiza

. Foto: . Diante da previsão, Pedro Paulo afirmou que pediu à Câmara Municipal que não vote o projeto de redução do IPTU enviado pelo prefeito Marcelo Crivella às vésperas do primeiro turno das eleições. Ele admitiu que casos de aumentos abusivos do imposto precisam ser revistos, mas a aprovação da proposta atual pode agravar ainda mais a situação da prefeitura.

Herdoiza crespo S.A

PUBLICIDADE — Precisamos rever os excessos, principalmente nas zonas Norte e Oeste, mas fazer isso no seu devido tempo. Temos que fazer justiça, mas sem desequilibrar as receitas do município — disse

Poder feminino: Mulheres ganham espaço na nova prefeitura de Eduardo Paes; saiba quem são

Outra medida para adequar o orçamento será fazer auditorias em pagamentos e contratos. A futura gestão também buscará apoio em Brasília, onde vai tentar negociar com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, um plano de recuperação fiscal que permita à prefeitura contrair empréstimos com aval da União. Outra saída será buscar recurso de emendas parlamentares

Vamos ficar garimpando recursos enquanto fazemos ajustes — explicou

Mas Pedro Paulo afirmou que o município não vai aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, como fez o estado, mas vai “agir como se estivesse” dentro do plano. Uma das ideias dele é propor um teto de gastos municipal e uma lei de responsabilidade fiscal da cidade. O futuro secretário planeja ainda adotar uma reforma tributária municipal:

Estamos desenhando aqui algo que seja uma lei de responsabilidade fiscal do município, que estabeleça parâmetros de boa gestão fiscal e que também sinalize para os investidores que a cidade tem boa governança

PUBLICIDADE Segundo Pedro Paulo, a prefeitura vai fazer contingenciamento de gastos em todas as áreas, além de rever incentivos fiscais de acordo com o retorno que eles trazem para a cidade e estimular concessões e parcerias público-privadas

Remanejamentos Mas, apesar de criticar a proposta orçamentária para 2021 que tramita na Câmara, Pedro Paulo (DEM) quer que os vereadores aprovem o projeto o quanto antes. Ele afirma que as receitas, fixadas em R$ 31,2 bilhões, estão acima da capacidade de arrecadação, e as despesas, no mesmo valor, subestimadas. Para contornar os problemas do texto, Pedro Paulo quer que os vereadores permitam que a prefeitura possa remanejar por decreto entre 25% e 30% dos recursos. Atualmente, esse percentual é fixado em 15%.

Um dos principais desafios da futura gestão será adequar os gastos com pessoal aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Levantamento do gabinete da vereadora Teresa Bergher (Cidadania) mostra que o município já estava pouco acima do limite máximo de 54% da receita no último relatório, referente ao segundo quadrimestre do ano. E, pela projeção, com base na proposta orçamentária, em 2021 o gasto com salários chegaria a 56% do total arrecadado pelo Rio.

. Foto: . Segundo o levantamento, entre 2017 e o segundo quadrimestre de 2020, as despesas com pessoal cresceram 23%, enquanto a receita corrente líquida subiu 18%

PUBLICIDADE — Enquanto as receitas encolhiam, o prefeito não enxugou despesas, a começar pelos gastos com pessoal. O desafio do próximo gestor é enorme — disse a vereadora

Enquanto a equipe da Fazenda faz as contas, o prefeito eleito continua na montagem do primeiro escalão. Ontem, ele escolheu três novos subprefeitos: o empresário Diego Vaz, para a Zona Norte; Leonardo Pavão, para o Centro; e Edson Menezes, para a Zona Oeste. A Zona Sul ficará sob a responsabilidade da assistente social Ana Ribeiro, nome anunciado anteontem

Todos os meus subprefeitos serão pessoas da confiança do prefeito, não serão indicações políticas. Vamos ter pessoas que tenham conexão direta comigo, que possam de fato representar o prefeito na ponta — disse Paes

Já foram escolhidos seis secretários, e outros dois receberam convites, mas não responderam